Foram abertas 70 oportunidades no Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) em um novo processo seletivo simplificado. As vagas são para contratação temporária, com o intuito de atender nos projetos Sigepe.gov, novo Sistema de Organização e Inovação Institucional do Governo Federal (Siorg) e Programa de Modernização da Gestão do Patrimônio Imobiliário da União (PMG/SPU). O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) será a banca organizadora da seleção. As informações foram publicadas na página 156 da terceira seção do Diário Oficial da União.

Serão disponibilizadas vagas para categoria profissional I – grupo analista de negócio (44); categoria profissional II – grupo tecnologia da informação (6); categoria profissional 3 – técnico de nível superior IV – SPU/UCP (3); categoria profissional 4 – grupo gestor (10); categoria profissional 5 – técnico de nível superior V – GAB/UCP/CI (2); categoria profissional 6 – técnico de nível superior V – GAB/UCP/CII (2); e categoria profissional 7 – técnico de nível superior V – GAB/UCP/CIII (3). A remuneração para os cargos varia de R$ 6.130 a R$ 8,3 mil para 40 horas semanais de trabalho. Os aprovados serão lotados na SPU/MP.

A seleção será constituída de três fases. Prova objetiva de conhecimentos básicos, de caráter classificatório e eliminatório, no dia 4 de agosto; prova objetiva de conhecimentos específicos, de caráter classificatório e eliminatório; e avaliação de títulos, de caráter classificatório. As avaliações objetivas, a avaliação de títulos e a perícia médica dos candidatos que se declararem com deficiência serão realizadas na cidade de Brasília. Todas as provas serão aplicadas em Brasília.

Interessados poderão se inscrever somente via internet, no site www.cespe.unb.br/concursos/mp_13_temporario, entre 10h do dia 5 de junho até as 23h59 do dia 26 de junho, observado o horário oficial de Brasília. O valor da taxa de participação será de R$ 100.

Na data provável de 26 de julho de 2013 será publicado no Diário Oficial da União edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas. O candidato deverá, obrigatoriamente, acessar o endereço eletrônico para verificar o seu local de realização das provas, por meio de busca individual, devendo, para tanto, informar os dados solicitados.

O edital de abertura não informa a duração do contrato, mas de acordo com a Lei nº 8.745/1993, o contrato deverá ter, no máximo, quatro anos de duração, podendo ser prorrogado por igual período.

Fonte: Correioweb  Foto: Bruno Peres/CB/D.A Press