Um novo edital para selecionar professores efetivos da rede pública de ensino do Distrito Federal está previsto para sair em três meses. De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Pública (Seap), como o concurso não foi autorizado e está em fase de planejamento, ainda não há informações sobre o número de vagas, os salários e a banca organizadora.

A Seap afirmou que as definições sobre o concurso dependem de um levantamento que está sendo elaborado pela Secretaria de Educação (SEDF).

Último concurso
A SEDF abriu concurso público no final do ano passado para a contratação temporária de professores. Os candidatos fizeram, nesse domingo (13/01), a prova objetiva. Dos 35.564 inscritos, 7,2% não compareceram à seleção. O gabarito preliminar já foi divulgado e pode ser conferido no site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), a banca organizadora do processo seletivo.

Além dessa avaliação, houve a análise de títulos e de experiência profissional, de caráter classificatório. Este resultado já está publicado na página do Iades. O prazo para entrar com recurso termina nesta quarta-feira (16/01).

Os candidatos vão poder conferir a lista de aprovados até o dia 31 de janeiro. Ela estará disponível no endereço eletrônico www.iades.com.br.

Os professores serão convocados gradativamente para atuar na Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Profissional e Educação de Jovens e Adultos. O salário será afixado de acordo com a hora-aula efetiva de trabalho, tendo como referência os padrões iniciais da carreira de magistério público.

Fonte: Correioweb